Linha criada com participação de usuários dobra o número de passageiros

Não são muitas as políticas públicas que têm um impacto tão claro e direto na vida de quem depende delas como o serviço de transporte público e de mobilidade de uma cidade. O serviço de ônibus é um exemplo disso, tanto em suas estruturas físicas como em sua operação. Somando-se a isso, a grande dependência que parte da população tem deste serviço e o apego emocional que as pessoas têm com as linhas e estações que as servem -além da enorme extensão e complexidade do serviço -fazem com que a participação popular seja fundamental no desenho e implantação do serviço de ônibus de uma cidade. Um bom exemplo deste processo ocorreu recentemente na região do Butantã, Alto de Pinheiros, Vila Madalena e Barra Funda, com a criação da linha 809U-10 – Cidade Universitária – Metrô Barra Funda“. O trajeto atual da linha surgiu a partir de sugestões de um grupo de moradores. Após algumas modificações de linhas, que deixaram a região sem algumas conexões importantes, o grupo se juntou, analisou a situação e fez propostas que foram sendo respondidas pela SPTrans até se chegar no trajeto atual, que tem se mostrado muito bem sucedido. O andamento da discussão foi divulgado no blog da região. Aqui e aqui. Veja o mapa final da Linha 809U-10 no OlhoVivo da SPTrans e aqui: 809U_Mapa O problema se iniciou em setembro de 2013, quando a linha “7725-10 – Rio Pequeno – Metrô Vila Madalena” foi unificada com a linha “7702-10 – USP – Term. Lapa“, deixando o “miolo” do Alto de Pinheiros e a Vila Jataí sem nenhuma linha que os conectasse com o Metrô Vila Madalena e do Butantã. Em outras palavras, toda a região entre a Rua Dr. Alberto Seabra e a Rua Purpurina ficou com apenas uma linha, a linha 828P-10. Com os problemas gerados pela falta de licitação e dificuldades da SPTrans em criar linhas novas surgiu a sugestão de se alterar uma das linhas da região. Com isso, após se pensar em mudanças em alguma das linhas que circulam pela Rua Heitor Penteado, chegou-se a ideia de se modificar e melhorar a própria linha 828P.

A linha 828P

A linha 828P-10 – Lapa – Metrô Barra Funda foi escolhida por diversos motivos, como demonstrado nos textos do grupo. Com esta análise do trajeto da linha e de outras linhas da região, junto com o levantamento do número de passageiros na linha, o grupo concluiu que o trecho final, que seguia para a Lapa, era o menos utilizado e poderia ser modificado sem prejuízo aos usuários – que possuem outras linhas alternativas para ir à Lapa. Assim foi proposto o trajeto similar ao da atual linha 809U, ligando o Metrô Barra Funda, ao Metrô Vila Madalena, cruzando toda a região do Alto de Pinheiros, e também a estação Cidade Universitária da CPTM, e a Cidade Universitária. Após reuniões e discussões com a SPTrans, a nova linha foi implantada em setembro de 2014 e já apresentou logo no segundo mês uma utilização mais alta que a linha anterior.

A linha 809U

Nos meses anteriores à mudança, a linha 828P vinha apresentando uma utilização média de 70 mil passageiros por mês. Já a nova linha 809U a partir do seu segundo mês de operação apresentou um salto para 87 mil usuários. Apenas quatro meses mais tarde, após o período de férias escolares, a importância e a eficácia da nova linha se demonstraram claramente, quando em fevereiro a nova linha atingiu a marca de 190 mil usuários mensais, mais que o dobro do número de usuários da linha anterior. 809U_Grafico Outro fato que evidenciou a importância desta linha foi a criação de uma variante desta linha chamada “809U-41 – Metrô Barra Funda – Metrô Vila Madalena”, criada em Fevereiro e que funciona também aos feriados e fins de semana. É muito importante apoiar e incentivar a participação popular na melhoria da mobilidade urbana e em ações como esta. Estas ações são fundamentais para articular cidadãos em prol de uma cidade com mais mobilidade, mais aberta e mais humana, além de aproximar e integrar os usuários ao sistema de transporte coletivo, incentivando a diminuição do uso do carro. Vocês conhecem alguma iniciativa como esta no seu bairro ou na sua cidade? Conte para nós.

Anúncios

4 comentários em “Linha criada com participação de usuários dobra o número de passageiros”

  1. aqui no Butantã tem o 809V/10 (Vila Gomes/Paulista) que surgiu após manifestações da população local contra a retirada da linha 577T/10, que ligava o bairro ao Jabaquara, passando pela Paulista. A prefeitura chegou a um acordo com a população quanto ao trajeto, mas ainda há pressão para expandir até a estação Ana Rosa do metrô. Hoje, a linha vai até o Parque Trianom e retorna ao Butantã.

  2. Aqui em Osasco, juntamos alguns representantes e estivemos, logo no início deste ano, na CMTO, Gerenciadora do Transporte na Cidade, para pleitear a extensão da Linha 001, Vila Yara – Jd. Veloso, até a Estação do Km.21 da CPTM, conhecida como Miguel Costa. Estamos progredindo. A prefeitura vai criar sentido reverso num trecho da Av.Leonil Crê Bortolosso e após a sinalização, será viabilizado o nosso pedido. Só esperamos não ter de ficar cobrando pro resto da vida…
    Conseguimos também uma linha pra Alphavile (informações no site: http://linobuseoutrasimagens.blogspot.com.br/2012/03/vereador-josias-atende-moradores-e.html) e agora pretendemos que seja modificada pra nos atender melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s